terça-feira, 6 de setembro de 2011

DEPOIS DE UM CASAMENTO E TRÊS FILHOS, HOMEM VIRA FREI

Depois de 24 anos de casamento, três filhos e muitas viagens como representante comercial, Evandro Silva, 71 anos, resolveu renunciar à vida de prazeres carnais e abraçar o caminho religioso. A decisão ocorreu em 1994, três anos depois do fim do relacionamento conjugal, com a permissão do Vaticano.

Neste sábado (3), durante uma missa na igreja São José, que contou com a participação de amigos, filhos e família, ele foi efetivado como frei Evandro da Ordem dos Agostinianos Recoletos. Os integrantes seguem os preceitos de Santo Agostinho.

"Eu sou muito feliz com o caminho que escolhi. Eu quero seguir a Deus porque ele me dá tudo. Eu deixei uma família e consegui centenas de famílias nesta minha mudança de vida".

Frei Evandro pode fazer casamentos e batizados com a autorização do bispo, levar hóstia para doentes e enfermos, mas não tem permissão para rezar missas, ouvir confissões, ou dar a unção para quem está a beira da morte porque ainda não é padre.

"Eu posso conversar com as pessoas e muitas me procuram em busca de uma palavra amiga ou um conselho", diz ele.

Para chegar a efetivação da profissão de frei, Evandro conseguiu que seu casamento fosse nulo oficialmente pelo Vaticano, estudou em seminários e participou de missões na Colômbia e na Espanha.

"Eu também fiz votos de castidade, pobreza e obediência", diz ele.