sábado, 30 de maio de 2015

REFLEXÃO PARA SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Cidade do Vaticano (RV) - A Palavra de Deus sugerida para esta solenidade, começa com um texto extraído do Livro dos Provérbios, concretamente o trecho em que se fala da Sabedoria. Ela nos é apresentada como personificação da vontade de Deus. Ela cria um mundo verdadeiro e belo, fiel à vontade do Pai! Ela é Vida!
João, em seu Evangelho, fala da ação do Espírito, o Espírito da Verdade, que recorda a todos o que ouviu do Senhor Jesus que, por sua vez, recebeu do Pai. Jesus agora, após a ascensão, fala pelo Espírito, que tem a missão de nos conduzir ao conhecimento pleno da Verdade.
Na Carta aos Romanos, Paulo nos fala de sua e de nossa justificação com o Pai, através da Redenção de Jesus Cristo. Disso brota o sentimento de paz e um profundo e grande reconhecimento da caridade de Deus, que nos liberta de nossas limitações e da morte. O projeto da Redenção, possibilitou a Encarnação do Verbo, a presença no mundo da Sabedoria de Deus. “Cristo crucificado é poder de Deus e sabedoria de Deus”, escreveu Paulo em 1Cor 1,24.
O Apóstolo dá destaque às tribulações, aos revezes provenientes com a prática da fé e nos diz que elas nos levam à esperança de sermos acolhidos pelo amor de Deus. Esse amor, continua Paulo, não nos decepciona, mas ocupa o primeiro lugar, deixando a justificação e a justiça para o segundo plano. Portanto, quem triunfa é o amor, por isso a paz em nossa vida.
O Espírito constrói em nós uma vida nova. De fato, em Cristo somos novas criaturas, somos no Filho. E se somos filhos de Deus, entre nós somos irmãos.
Assim, somos chamados a essa unidade, à vida nova daqueles que professam a fé em Cristo ressuscitado, irmãos do mesmo Pai, na unidade do Espírito Santo, que nos anima e vivifica no Amor da Santíssima Trindade.
Padre César Augusto dos Santos SJ
Fonte: Site da Rádio Vaticano

sexta-feira, 29 de maio de 2015

30 DE MAIO: DIA DE ORAÇÃO MARIANA PELAS VOCAÇÕES AGOSTINIANAS RECOLETAS

No dia 30 de maio de 2015, sábado, conforme calendário da Província Santa Rita de Cássia da Ordem dos Agostinianos Recoletos, acontece em todas as casas religiosas da província, ou seja, nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo, o Dia de Oração Mariana pelas Vocações Agostinianas Recoletas.

Portanto você que acompanha as notícias da Paróquia Nossa Senhora da Consolação, que seja pelo facebook (www.facebook.com/paroquiadaconsolacao); blog (www.paroquiadaconsolacao.blogspot.com), Google + (Paróquia Nossa Senhora da Consolação) ou twitter (@Maedaconsolacao), é convidado a unir-se com toda a Família Agostiniana Recoleta e rezar uma Ave-Maria ou outra oração devocional mariana que você gosta de rezar em prol das vocações agostiniana recoletas.

ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES AGOSTINIANAS RECOLETAS


Senhor nosso Deus:
fazei que o clamor de vossa voz
chegue a muitos. 

Que se levantem e vivam unidos a vós. 

Preparai seus corações
com a vossa palavra, 
de modo que se disponham
a evangelizar os pobres
e a cuidar de vossa extensa messe. 

Senhor, que todos os chamados
à vida agostiniana recoleta
escutem vossa voz
e possam cumprir vossa vontade. 

Amém.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

JANAÚBA (MG) E SANTO ANDRÉ (SP) TÊM NOVOS BISPOS

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco transferiu o bispo da Diocese de Caetité (BA), Dom Guerrino Riccardo Brusati, para a Diocese de Janaúba (MG). Com 29 paróquias, a diocese estava vacante desde setembro de 2014.
O novo bispo, Dom Guerrino, é italiano, nascido em 1945 em Novara, onde estudou filosofia e teologia. Foi ordenado em 1973 e enviado ao Brasil em 1982, como sacerdote ‘fidei donum’ na Diocese de Paulo Afonso, na Bahia. Ali permaneceu até 2003, ocupando vários encargos, até seguir para Caetité como bispo.
Santo André
A Diocese de Santo André (SP) também tem novo bispo. O Papa aceitou a renúncia ao governo pastoral, solicitada por Dom Nelson Westrupp, S.C.I., que completou 75 anos em setembro passado. 
O novo bispo para a cidade do ABC paulista é Dom Pedro Carlos Cipolini, que até agora governava a Diocese de Amparo (SP).
Dom Pedro Cipollini tem 63 anos e nasceu em Caconde (SP). Estudou filosofia e teologia em São Paulo e obteve o doutorado em Roma, na Universidade Pontifícia Gregoriana. 
Foi ordenado em 1978 para a Diocese de Franca e sucessivamente, incardinado na Arquidiocese de Campinas, aonde desempenhou várias funções até 2010, ao ser nomeado Bispo de Amparo. No âmbito da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil é o atual Presidente da Comissão para a Doutrina da Fé. 
Fonte: Site da Rádio Vaticano

PAPA RESSALTA O NOIVADO CONTRA O MATRIMÔNIO "EXPRESS"

Cidade do Vaticano (RV) – O noivado foi o tema da catequese desta quarta-feira (27/05) do Papa Francisco na Audiência Geral.
Antes de se dirigir à multidão, o Pontífice percorreu a bordo do seu papamóvel toda a Praça S. Pedro para um dos momentos mais aguardados pelos fiéis, quando eles têm a possibilidade de ver Francisco de perto.
Já diante da Basílica, o Papa deu sequência à sua série de catequeses sobre a família, para falar do noivado, que ele definiu como um “belo trabalho sobre o amor”. Trata-se de um tempo de conhecimento recíproco e de partilha de um projeto: de um caminho.
Aos poucos, o homem aprende o que é a mulher, aprendendo esta mulher concreta; e a mulher aprende o que é o homem, aprendendo este homem concreto.
Para Francisco, não se deve desvalorizar a importância desta aprendizagem, pois o noivado não é somente uma felicidade descomprometida ou uma emoção encantada:
“A aliança de amor entre o homem e a mulher para toda a vida não se improvisa, não se faz de um dia para outro, não existe o ‘matrimônio express’: é preciso trabalhar, caminhar. A aliança aprende-se e aperfeiçoa-se. É uma aliança artesanal. Fazer de duas vidas uma só vida é também um milagre da liberdade e do coração, confiado à fé.”
Quem pretende tudo e já, afirmou o Papa, cede também imediatamente diante da primeira dificuldade ou ocasião. “Não há esperança para a confiança e a fidelidade do dom de si se prevalece o hábito de consumir o amor como uma espécie de ‘integrador’ do bem-estar psicofísico. Isso não é amor!”, advertiu.
“O noivado põe à prova a vontade de guardar algo que nunca deverá ser comprado ou vendido, atraiçoado ou abandonado por mais atraente que possa ser a oferta.” E aconselhou os jovens a lerem uma obra-prima da literatura italiana, “Os noivos”, do escritor Alessandro Manzoni.
O Pontífice prosseguiu ressaltando que o noivado é um percurso de vida que deve amadurecer, como a fruta. É um caminho de amadurecimento no amor até que se torne matrimônio. A propósito, falou dos Cursos de Preparação para o casamento, que muitos casais acreditam ser inúteis, mas depois ficam agradecidos porque, com efeito, encontraram ali a ocasião – muitas vezes única – para refletir sobre sua experiência em termos não banais.
Apesar de ambos se encontrarem há muito tempo ou até conviverem, na verdade não se conhecem. “Por isso, o noivado deve ser reavaliado”, destacou Francisco. E recordou que na Bíblia o casal pode redescobrir momentos fundamentais para a vida de um católico, como a oração e os sacramentos, de modo a preparar a celebração do matrimônio de maneira cristã, e não mundana.
O Papa pediu ainda que os jovens casais não queimem as etapas do percurso, que deve ser de amadurecimento, passo a passo. “O período do noivado pode se tornar realmente um tempo de iniciação à surpresa dos dons espirituais com os quais o Senhor, através da Igreja, enriquece o horizonte da nova família que se dispõe a viver na sua bênção.”
Francisco concluiu pedindo uma “Ave-Maria” por todos os noivos, para que possam entender a beleza deste caminho rumo ao matrimônio. 
Fonte: Site da Rádio Vaticano

terça-feira, 26 de maio de 2015

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI 2016 NA CIDADE DE CASTELO (ES)

A Paróquia Nossa Senhora da Penha, administrada pelos frades da Ordem dos Agostinianos Recoletos, organiza todos os anos a Solenidade de Corpus Christi, com a confecção de belos tapetes para que Jesus presente da Eucaristia passe pelas principais ruas da cidade de Castelo (ES).

Você é convidado a participar dessa grande festa da Eucaristia.




ORIENTAÇÃO PARA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE - CRACÓVIA 2016

A próxima Jornada Mundial da Juventude já tem data marcada. O maior evento da juventude mundial, a ser realizado em Cracóvia, na Polônia, será de 25 de julho a 1º de agosto de 2016.
O anúncio foi feito, segundo o jornal L’Oservatore Romano, pelo cardeal arcebispo de Cracóvia, Stanislaw Dziwisz. Após 25 anos, o evento retorna para a terra natal do fundador da Jornada o Papa João Paulo II, declarado Santo em 27 de abril de 2014, numa cerimônia inédita presidida pelo Papa Francisco, com a presença do Papa Emérito Bento XVI.
Aqueles que desejarem ir à JMJ 2016 na Cracóvia. O Setor juventude Diocesano orienta a ficarem atentos, pois várias empresas estão disponibilizando pacotes. O mais importante é garantir o pacote aéreo, pois a inscrição da JMJ contempla a hospedagem e o  Kit. O Setor diocesano não irá organizar grupos. 
Estaremos sempre à disposição para orientar na assessoria, trabalhando junto a CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Ana Elde (setor juventude da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim)

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim-ES 
Coordenador: Pe. Enildo Genésio de Souza.
Secretária - Ana Elde da Silva
Rua Costa Pereira, 39 - Centro - Sala 101
CEP 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim-ES 
Tel: (28) 2101-7609 - Fax: (28) 2101-7609 

segunda-feira, 25 de maio de 2015

TRANSFERÊNCIAS E NOMEAÇÕES NA DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM


O Bispo Diocesano Dom Frei Dario Campos, O.F.M., comunica que:

Transferências:

Pe. Luciano Vial Orcino – Transferido da Paróquia São Pedro (Catedral) para a Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Piúma, como Vigário Paroquial.

Pe. Jhauber Luiz Moreira da Silva – Transferido da Paróquia São José, em Mimoso do Sul, para a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, Vargem Alta, como Pároco.

Pe. Juliano Ribeiro Almeida terminou o seu mestrado nos Estados Unidos – Nomeado como Vigário Paroquial da Paróquia Nosso Senhor dos Passos, em Cachoeiro de Itapemirim.


Nomeações:

Padre Roberto José Gonçalves como assistente do Encontro Conjugal Diocesano.

Padre Jhauber Luiz Moreira da Silva como Assistente das Comunidades de Vida e Aliança.

Obs: Pe. Donizete Bento Maia terminou o seu tratamento, fica na Diocese aguardando Nomeação na sua Diocese de Crateús – CE.

Fonte: Site Oficial da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

sábado, 23 de maio de 2015

REFLEXÃO PARA SOLENIDADE DE PENTECOSTES

Cidade do Vaticano (RV) - O Evangelho de João nos apresenta Jesus, na tarde do Domingo de Páscoa, soprando o Espírito sobre seus discípulos, que estão reunidos no Cenáculo a portas fechadas com medo dos judeus.
Colocar Jesus agindo na tarde de Páscoa significa que Ressurreição e Pentecostes estão unidos. O Espírito vem quando a Comunidade está reunida para celebrar a memória da morte e ressurreição de Jesus.
O sopro de Jesus, dando o Espírito, nos recorda o sopro do Pai sobre o homem feito de barro, dando-lhe a vida. Jesus sopra sobre a Comunidade dando-lhe Vida, criando a Igreja.
Estar com as portas fechadas significa o bloqueio em que se encontram para testemunhar Jesus Ressuscitado. É a presença do Espírito que leva à continuidade da missão do Senhor, a instaurar a vitória da Vida.
Medo é sinal de morte, por isso eles, sem o Espírito estão amedrontados, ainda dominados pelo poder da morte.
O sopro de Jesus dá a Vida, dá o Espírito Santo que faz nova todas as coisas.
Essa nova Humanidade forjada pela redenção, pela ressurreição de Jesus, porta o Espírito do Senhor para continuar sua missão salvífica.
Evidentemente essa missão redentora terá sua expressão no perdoar e no reter os pecados.
Pecado é ir contra a liberdade e a vida. Se existe o arrependimento e o propósito de mudança, existe o sinal da presença do Espírito. Contudo, se existe a perseverança no erro, na opção pela morte, se torna impossível perdoar – restituir a vida – já que a opção da própria pessoa foi a morte.
Entendamos, não é a Igreja que não perdoa, ela não tem essa missão, ao contrário, ela trabalha o arrependimento favorecendo condições para isso, mas depende da pessoa abrir ou não seu coração ao Espírito. Será o Espírito, que é o Espírito da Vida, que provocará o arrependimento, que perdoará.
Peçamos ao Espírito Santo, o Espírito da Vida, da União, do Amor, que venha sobre nós, sobre as pessoas que amamos, sobre todos e recrie em nós o Homem segundo o Coração de Jesus, segundo os desejos de Deus. Assim, a partir de onde vivemos, o mundo será outro, será verdadeiramente um mundo onde reina a justiça e a paz. Não tenhamos medo de anunciar a Vida, de irmos contra a cultura de morte que nos é imposta através do consumismo, da valorização do prestígio, do ter, do levar vantagem e de tantas propostas que levam o Homem à  escravidão e à morte.
Permitamos ao Espírito nos renovar, destruir em nós aquilo que é caduco, voltado à finitude, nos recriando como cidadãos livres! Sejamos irmãos e filhos no Espírito.
(Padre César Augusto dos Santos)
Fonte: Site da Rádio Vaticano

sexta-feira, 22 de maio de 2015

22 DE MAIO: SANTA RITA DE CÁSSIA, RELIGIOSA


Nasceu em Roccaporena (Cássia), ao redor de 1380. Foi filha única. Jovem ainda quis entrar na vida religiosa. Diante da insistência de seus pais, casou-se, aos quatorze anos, com um jovem de família importante, mas de caráter áspero. A bondade de Rita. venceu as asperezas do marido e tornou possível uma vida de paz e concórdia. Após 18 anos de casamento, seu marido foi assassinado. Rita não só perdoou os assassinos, como expôs a Deus seus desejos: Preferia ver morto seus filhos a vê-los vingar a morte de seu pai. 

Pouco depois, morreram seus filhos. Rita ficou sozinha, mas com o coração cheio de amor, decidiu realizar os sonhos de sua juventude: ser religiosa. Depois de muitas contrariedades, conseguiu ser admitida no mosteiro agostiniano de Santa Maria Madalena de Cássia. Foi religiosa uns quarenta anos. 

Durante os últimos quinze anos, levou o estigma de um espinho da Paixão do Senhor. Morreu na noite de sábado 22 de maio de 1457, segundo o calendário atual. Foi característica de Rita passar por todos os estados da vida, superando o sofrimento com amor generoso e com um profundo espírito de penitência, e sendo sempre mensageira de paz e reconciliação.


Fonte: http://www.agustinosrecoletos.com/saints/index#sthash.lcdo58Na.dpuf

PARABÉNS FREI FRANCISCO!

O calendário da Província Santa Rita de Cássia da Ordem dos Agostinianos Recoletos neste dia, 22 de maio de 2015 - dia de Santa Rita de Cássia, recorda o 59º aniversário natalício de Frei Francisco Sevolani Botacin, O.A.R. e a Paróquia Nossa Senhora da Consolação congratula-se com esse religioso e roga a Deus que o cumule de ricas bênçãos de saúde e sabedoria.

Frei Francisco Sevolani Botacin, O.A.R., atualmente, reside e trabalha como Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, na cidade Franca (SP).

quinta-feira, 21 de maio de 2015

HORÁRIOS DE MISSAS PARA O DIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA

No dia 22 de maio de 2015, sexta-feira, dia dedicado à memória de Santa Rita de Cássia (padroeira das causas impossíveis) e religiosa agostiniana recoleta, acontecerá na Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação duas celebrações eucarísticas, com a bênção das rosas e pétalas de rosas em honra a Santa Rita de Cássia.

Horários de Missas na Igreja de Nossa Senhora da Consolação: 6h30 e às 19h

E a Comunidade Eclesial de Base "Santa Rita de Cássia", no Bairro Alto Vila Rica, terá Missa, às 19h30, presidida pelo bispo diocesano Dom Frei Dario Campos, O.F.M., com a bênção das rosas e pétalas de rosas em honra a Santa Rita de Cássia.

Pede-se que cada fiel leve sua rosa para ser abençoada.

Santa Rita de Cássia, rogai por nós!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

DIOCESES DE GARANHUS, CAMPANHA E ALTO SOLIMÕES TÊM NOVOS BISPOS

Cidade do Vaticano (RV) – Nesta quarta-feira (20/05), o Papa fez nomeações para o Brasil.
Garanhuns
Francisco nomeou Bispo de Garanhuns (PE) o Pe. Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, do clero da diocese de Patos (PB), até então pároco da paróquia “Senhor Bom Jesus do Horto” em Belo Horizonte e Professor de Sagrada Escritura na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Dom Nóbrega de Sousa nasceu em 17 de abril de 1969 em São José de Espinharas, diocese de Patos, no Estado da Paraíba. Estudou Filosofia no Instituto de Teologia do Recife (ITER) e Teologia no Seminário Arquidiocesano “Imaculada Conceição” em João Pessoa (1990-1992). Licenciou-se em Ciências Bíblicas no Pontifício Instituto Bíblico (1997-2001) e fez o Doutorado em Teologia Bíblica na Pontifícia Universidade Gregoriana (2007-2010).
Foi ordenado sacerdote em dezembro de 1993, incardinando-se na Diocese de Patos, onde desempenhou inúmeros cargos.
Também foi Secretário Nacional da Organização dos Seminários e Institutos Filosófico-Teológicos do Brasil (OSIB), de 2004 a 2007 e Vigário paroquial da paróquia “São Geraldo” em Belo Horizonte (2011-2013).
Atualmente, é Professor de Sagrada Escritura na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, pároco da paróquia “Senhor Bom Jesus do Horto” em Belo Horizonte e Formador dos seminaristas de Patos.    
Campanha
Ainda nesta quarta, Francisco aprovou duas transferências. O Papa nomeou Bispo da Diocese de Campanha (MG) Dom  Pedro Cunha Cruz, até então Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Alto Solimões
A outra transferência diz respeito à Diocese de Alto Solimões (AM). Francisco aceitou a renúncia apresentada por Dom Evangelista Alcimar Caldas Magalhães, O.F.M.Cap., por limite de idade. E nomeou como Bispo Dom Adolfo Zon Pereira, S.X., até então Coadjutor da mesma Diocese.
Fonte: Site da Rádio Vaticano

PAPA: SABEDORIA E EQUILÍBRIO NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS

Cidade do Vaticano (RV) – Nesta quarta-feira (20/05), a Praça São Pedro ficou lotada de fiéis e turistas para o encontro semanal com o Pontífice. Dezenas de milhares puderam ver Francisco de perto quando deu a volta na Praça com o papamóvel, momento muito aguardado pelos fiéis.
Em sua catequese, o Papa dissertou sobre a questão da educação dos filhos na família. Para Francisco, dois elementos são essenciais: sabedoria e equilíbrio por parte dos pais, que saibam acompanhá-los passo a passo e não exigir que percorram o caminho do crescimento sozinhos. “Não exasperem as crianças pedindo o que elas não podem dar”, aconselhou.
Filhos reféns dos pais
Francisco se dirigiu também às famílias com os pais separados, pedindo que os filhos não se tornem reféns da relação, nem carreguem o peso da separação. “Devem crescer com a mãe falando bem do pai e vice-versa. Isso é muito importante, mas também muito difícil para os separados, mas é algo que pode ser feito”, observou.
Segundo o Pontífice, nos últimos tempos, ‘intelectuais e especialistas’ têm criticado a educação familiar de várias formas, acusando-a de ser autoritária, conformista e repressiva. 
“Isto gerou uma fratura entre a família e a sociedade; uma crise que abrange vários âmbitos, como a escola, por exemplo, onde recaem sobre os alunos as tensões e a desconfiança entre pais e professores. E estes ‘especialistas’ se multiplicam – advertiu o Papa – ocupando o papel dos pais inclusive nos aspectos mais íntimos da educação: personalidade, crescimento, direitos e deveres. Os pais vão se privando de sua função, chegando a se autoexcluir da vida dos filhos”. 
Como exemplo, o Pontífice citou um episódio da sua infância, já narrado em outra ocasião, quando certa vez ofendeu a professora. A mãe foi chamada à escola e com educação repreendeu o filho. "Mas em casa vocês podem imaginar o que aconteceu.....", disse. Hoje, observou, os papéis se inverteram, e são os pais que repreendem os professores.
Fazendo uma análise desta situação, o Papa admitiu que por um lado, alguns modelos educativos do passado tinham limites, mas por outro, a vida se tornou ‘avara’ de tempo e os pais, ‘sequestrados’ pelo trabalho e outras preocupações, conversam refletem e se confrontam menos com os filhos. “Mas o importante – sustentou o Pontífice – é entender ’aonde’ os filhos estão realmente em seu caminho; aonde está a sua alma”. 
Como antídoto, o Papa lembrou que “a Palavra de Deus pode oferecer um apoio à missão educativa das famílias”, disse, acrescentando que na base de tudo está o amor que Deus nos doa, que ‘tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta’... “Jesus também passou através da educação familiar e cresceu em idade, sabedoria e graça”. 
O Pontífice concluiu sua reflexão afirmando que “a boa educação familiar é a coluna vertebral do humanismo. 
“A sua ‘irradiação’ social é o recurso que compensa lacunas, feridas, vazios de paternidade e maternidade dos filhos menos afortunados. E esta ‘irradiação’ pode fazer milagres!”, completou.
Pais saiam do "exílio"
Antes de passar às saudações finais, o Papa pediu ao Senhor que doe às famílias cristãs a fé, a liberdade e a coragem necessárias à sua missão. 
“Quando a educação familiar redescobre o contentamento de seu protagonismo, muitas coisas mudam para melhor para os pais incertos e desiludidos. Chegou a hora que os pais e as mães saiam de seu ‘exílio’ e reassumam plenamente o seu papel educativo”.
Fonte: Site da Rádio Vaticano

terça-feira, 19 de maio de 2015

SEMINÁRIO DE VIDA PLENA NO ESPÍRITO SANTO

No próximo domingo, 24 de maio de 2015, será dado início ao Seminário de Vida Plena no Espírito Santo promovido pela R.C.C. (Renovação Carismática Católica), a partir das 14h, na Igreja Santo Antônio, no Bairro Santo Antônio.

As inscrições para participar desse seminário podem ser realizadas após o grupo de oração "Força de Deus", na Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação.

2º ENCONTRO COM O BOM PASTOR (casais em 2ª união)


A Pastoral Familiar (setor de casos especiais) da Paróquia Nossa Senhora da Consolação acolhe os casais em 2ª união por meio do "Encontro com o Bom Pastor", que está em sua segunda edição. Esse encontro acontecerá nos dias 23 e 24 de maio de 2015, no salão da Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação.

O início do encontro no dia 23 de maio, sábado, será às 16h, com término no domingo (24/5), às 17h.

Venha ser acolhido nos braços do Bom Pastor!

Maiores informações na secretaria paroquial, telefones: 28 3521-8048 ou 28 99978-1646 (falar com Dalvana ou Marta).

MISSA EM DEVOÇÃO A SANTA RITA DE CÁSSIA

No próximo dia 22 de maio, a Igreja celebra a memória de Santa Rita de Cássia, conhecida popularmente como a santa das causas impossíveis.

E na Paróquia Nossa Senhora da Consolação, administrada pelos frades da Ordem dos Agostinianos Recoletos, acontecerão na Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação, duas missas: 6h30 e às 19h, com a bênção das rosas e pétalas de rosas em honra a Santa Rita de Cássia.

E na Comunidade Eclesial de Base "Santa Rita de Cássia", no Bairro Alto Vila Rica, a santa missa presidida pelo bispo diocesano Dom Frei Dario Campos, O.F.M., a partir das 19h30

Participe e traga sua rosa para ser abençoada!

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA COM ADMINISTRAÇÃO DO CRISMA

Acontece neste dia 19 de maio de 2015, a partir das 19h, na Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação a Celebração Eucarística presidida pelo bispo diocesano Dom Frei Dario Campos, O.F.M. na qual será celebrado o Sacramento do Crisma a cerca de 160 (cento e sessenta) crismandos das diversas comunidades da Paróquia Nossa Senhora da Consolação.

Acompanhemos com a nossa oração por todos os jovens e adultos que receberão esse Sacramento da Confirmação e peçamos ao Senhor perseverança na caminhada da fé.

19 DE MAIO: BEATOS CLEMENTE DE ÓSIMO E AGOSTINHO DE TARANO, PRESBÍTEROS


O beato Clemente nasceu em Ósimo, foi Provincial da Província de Marca de Ancona, e Prior Geral de 1271 a 1274. Desempenhando este cargo, morreu a 8 de abril de 1291. Distinguiu-se pela caridade fraterna, espírito de pobreza e mansidão. Seus restos conservam-se na capela da Cúria Geral da Ordem de Santo Agostinho. 

O beato Agostinho nasceu em Tarano (Rieti), estudou Direito na universidade de Bolonha. Fez parte da corte do rei Manfredo da Sicília. Entrou na Ordem como irmão não clérigo, escondendo sua cultura e posição social. O amor à justiça e à comunidade frustrou seus planos e sua fama foi descoberta. O beato Clemente destinou-o à Cúria e fez que se ordenasse sacerdote. Foi também penitenciário da corte pontifícia. Eleito Prior Geral em 1298, renunciou em 1300, retirando-se ao convento de São Leonardo (Siena). Morreu a 19 de maio de 1309 ou 1310. Distinguiu-se pela humildade, pelo zelo, pela observância religiosa e pelo amor à contemplação no retiro da vida comunitária. Seus restos conservam-se na igreja de Santo Agostinho de Siena. 

Obra conjunta dos dois Beatos foi a revisão das Constituições da Ordem, chamadas de Ratisbona, que os tornou célebres na história da Ordem. Seu culto foi confirmado por Clemente XIII, respectivamente em 1761 e 1759. 


Fonte: http://www.agustinosrecoletos.com/saints/index#sthash.jffLqEmn.dpuf

segunda-feira, 18 de maio de 2015

PASCOM - PASTORAL DA COMUNICAÇÃO


No último sábado, 16, a Pastoral Diocesana da Comunicação da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim (PASCOM) realizou Encontro para Celebrar o Dia Mundial das Comunicações Sociais, que foi comemorado no último sábado. O Encontro foi realizado no salão da Paróquia Nosso Senhor dos Passos, em Cachoeiro de Itapemirim.

21 Paróquias estiveram representadas no Encontro.

Com representantes de 21 paróquias da diocese de Cachoeiro de Itapemirim presentes, o Encontro teve início com a fala do Diretor do Departamento Diocesano de Comunicação, Pe. Thiago da Silva Vargas, que abordou o marco situacional da Diocese e a exortação apostólica do Papa Francisco Evangelii Gaudium, de forma mais ampla, e os ecos da Assembleia Diocesana realizada no ano passo.

O material apresentado pelo Pe. Thiago pode ser visualizado ou baixado clicando aqui: http://www.diocesecachoeiro.org.br/arquivos/downloads/PALESTRAPADRETIAGO.pdf

Seguindo a programação o assessor do Encontro, Marcus Tullius, abordou o tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais de 2015; “Comunicar a Família: ambiente privilegiado do encontro na gratuidade do amor”.

Para o assessor, a família tem importância fundamental na sociedade, pois é a partir dela que serão gerados reflexos na própria sociedade.

“A família é o lugar do encontro, do aprendizado, pois o ser humano é um ser de relações”, frisou o assessor, sempre amparado pelas palavras do Papa.

Sobre a Palavra, que o Cristão comunica por essência, o assessor salientou que ela precisa vir acompanhada do testemunho do vida, da maneira de agir, pois a maneira de agir de cada um também comunica, ou seja, é preciso viver como se prega a Palavra.

Papa Francisco, em sua mensagem, também aponta 3 caminhos para a comunicação dentro das famílias, que são: Oração, retomar o hábito de rezar em família e viver a vida como se ora; Perdão, é preciso perdoar a si mesmo, para que assim possa estar apto a perdoar os demais; e por fim, a Bênção, retomar o hábito de pedir e dar a bênção na família.

O Assessor concluiu a sua fala com as palavras do Papa, dizendo que a Família não é algo abstrato, mas sim uma realidade concreta, que ao contrário do que é dito, não é um problema e muito menos uma instituição em crise. Deixando um alerta também para que seja lançado um olhar para a família do futuro, que deve ser acolhedora, assim como a Família Igreja também deve ser.

Ainda na parte da manhã, os presentes puderam apresentar as ações concretas que as paróquias já possuem no contexto da comunicação, rádios comunitários, informativos, etc.

Na parte da tarde, foram realizadas oficinas de web, com Kelvyn Mantuan, e oratória, ministrada por Marcus Tullius.

Fonte: Site Oficial da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim




ENCONTRO DA JAR - JUVENTUDE AGOSTINIANA RECOLETA

A Paróquia São João Batista, na cidade Muqui (ES), acolheu o 1º Encontrão da JAR (Juventude Agostiniana Recoleta), que teve a participação dos jovens das cidades de Muqui e Cachoeiro de Itapemirim, locais em que há a presença da Família Agostiniana Recoleta.

Esse encontro foi animado pelos jovens de Cachoeiro de Itapemirim - JAR Cachoeiro.
No encontro aconteceu diversos momentos de confraternização e reflexão e contou com palestras sobre a vida de Santo Agostinho, proferida pela Rita.

Palestra sobre a inquietude do ser humano, proferida pelo Clayton da Comunidade Encontro.

Apresentação de peça teatral pelos jovens da cidade Muqui.

Momento de oração diante do Santíssimo Sacramento conduzido pelo Frei Fábio Nôcal Freire, O.A.R.

Uma explicação do que é a JAR e de como é seu funcionamento, explicada pelos jovens Juliana e Vinícius.

E o encerramento do encontro com a celebração da Santa Missa presidida por Frei Sérgio Sambl, O.A.R.

Agradecemos aos jovens da J.A.R. Cachoeiro pela publicação da matéria e registro do evento.




SEMANA DE ORAÇÃO PELA UNIDADE CRISTÃ

Uma visão de unidade cristã acompanhada por respeito pela diversidade inspirou o processo de elaboração dos materiais deste ano da Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC). O grupo responsável pelo material, formado de representantes de igrejas e organismos ecumênicos, ressaltou o valor da unidade cristã numa época em que a intolerância religiosa cresce ao redor do mundo. O material é publicado em parceria pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e pelo Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos.
 
Tradicionalmente celebrada entre 18 e 25 de janeiro (no hemisfério Norte) ou em Pentecostes (no hemisfério Sul), a edição deste ano, que será comemorada entre 17 e 24 de maio, enfoca um tema inspirado no evangelho de João: “Dá-nos um pouco da tua água”.
 
Enviado em 2012 pela Comissão de Fé e Ordem do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), o convite para preparar o material foi, ao mesmo tempo, uma oportunidade e um desafio para o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC). Liderado pelo presidente, dom Manoel João Francisco, e pela secretária-geral, pastora Romi Bencke, o CONIC reuniu um grupo de representantes de suas igrejas-membro e membros fraternos, como o Centro de Estudos Bíblicos (CEBI) e o Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI).
 
O grupo de trabalho reuniu-se em fevereiro e março de 2013 e concluiu a proposta em julho. O Comitê Internacional designado pelo CMI e pelo Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos reuniu-se em setembro de 2013, em São Paulo, Brasil, para finalizar o material.
 
“O grupo brasileiro e o grupo internacional conviveram e trabalharam juntos durante cinco dias na periferia de São Paulo em setembro de 2013. O grupo internacional teve uma rica experiência de descoberta da realidade brasileira e dos desafios à unidade cristã, inseparáveis da luta contra a intolerância cultural e religiosa que cresce no Brasil”, lembrou o Dr. Odair Pedroso Mateus, um dos coordenadores da Comissão de Fé e Ordem do CMI.
 
O tema de 2015 foi inspirado pelo Evangelho de João, que fala do encontro de Jesus com a mulher samaritana, um símbolo de amor que tem o poder de diminuir as barreiras baseadas na religião, etnia ou cultura. A proposta de material foi elaborada pelo grupo e trabalho do CONIC.
 
O gesto bíblico de oferecer água a quem chega, como forma de boas-vindas e partilha, e algo presente em todas as religiões no Brasil. Espera-se que o estudo e a meditação propostos sobre a história de Jesus encontrando a mulher samaritana perto do poço possam ajudar as pessoas e as comunidades a perceber a dimensão dialógica do projeto de Jesus, que chamamos de Reino de Deus.

Fonte: Site do CONIC - Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil

sábado, 16 de maio de 2015

REFLEXÃO PARA SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR

Cidade do Vaticano (RV)Esta comemoração não tem um caráter cronológico, mas teológico-catequético. Lucas, nos Atos dos Apóstolos, quis afirmar que Jesus, o crucificado, ressuscitou e foi acolhido por Deus. Os dois anjos com vestes brancas são os mesmos que apareceram no dia de Páscoa, relatado em seu Evangelho.
O mesmo Lucas, autor do Evangelho que leva seu nome, escreveu nesse seu outro livro uma cena muito mais simples – Jesus se elevou aos céus perante seus discípulos.
O céu, entendido a partir do Evangelho de Jesus, não é o além das estrelas e das nuvens. Isso seria um céu materializado, continuação do nosso mundo. Céu é a comunhão plena com o Pai, a sintonização absoluta com sua santíssima vontade e a vivência radical da caridade, do amor, a plenitude do amor fraterno, em total ágape e comunicação com a Trindade.
Jesus subiu ao céu no mesmo instante de sua morte, mas os discípulos só foram compreendendo isso aos poucos, a partir do terceiro dia.
O Senhor volta para o Pai e, ao mesmo tempo, está conosco, ao nosso lado. Isso é possível porque Deus é onipotente, está em toda parte, em todo lugar. Principalmente porque ele nos ama e quem ama deseja ficar ao lado do ser amado.
Jesus está presente no mundo, no meio dos homens quando o testemunhamos, quando somos fiéis aos seus ensinamentos e praticamos a justiça, o amor e o perdão.
Sua obra de redenção continua no mundo com a ação da Igreja, com a nossa ação de batizados. Somos os continuadores de sua missão redentora. Ele investe todos nós nessa missão ao dizer: “Toda autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei!”.
Ascensão não é despedida, afastamento de Jesus, mas outro modo de Ele estar presente ao nosso lado por meio de sinais. Por isso ele acrescenta: “Eis que eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo”.
E os sinais serão nossa prática de caridade fraterna, nossa ida aos marginalizados, aos sofredores, nossa vida alicerçada nos valores do Reino e não nos contra-valores de uma sociedade materialista e consumista.
(Padre Cesar Augusto dos Santos)
Fonte: Site da Rádio Vaticano

sexta-feira, 15 de maio de 2015

2º ENCONTRO COM O BOM PASTOR (casais em 2ª união)


A Pastoral Familiar (setor de casos especiais) da Paróquia Nossa Senhora da Consolação acolhe os casais em 2ª união por meio do "Encontro com o Bom Pastor", que está em sua segunda edição. Esse encontro acontecerá nos dias 23 e 24 de maio de 2015, no salão da Igreja/Matriz de Nossa Senhora da Consolação.

O início do encontro no dia 23 de maio, sábado, será às 16h, com término no domingo (24/5), às 17h.

Venha ser acolhido nos braços do Bom Pastor!

Maiores informações na secretaria paroquial, telefones: 28 3521-8048 ou 28 99978-1646 (falar com Dalvana ou Marta).

quarta-feira, 13 de maio de 2015

PARABÉNS FREI GRACIONE!

O calendário da Província Santa Rita de Cássia da Ordem dos Agostinianos Recoletos neste dia, 13 de maio de 2015, recorda o 32º aniversário natalício de Frei Gracione Augusto Alves, O.A.R. e a Paróquia Nossa Senhora da Consolação congratula-se com esse religioso e roga a Deus que o cumule de ricas bênçãos de saúde e sabedoria.

Frei Gracione Augusto Alves, O.A.R., atualmente, reside e trabalha como Pároco da Paróquia São João Batista, na cidade de Muqui (ES).